rinite

Rinite: causas, sintomas e tratamento

A ação involuntária e vital de respirar, quando tem o seu bom funcionamento afetado, pode trazer grande desconforto e incômodo, além de possibilitar o desenvolvimento de outros problemas de saúde. A rinite é um desses problemas, que afeta mais de 15% da população mundial, causando um grande impacto na qualidade de vida e na produtividade escolar em crianças e no trabalho em adultos.

Leia esse texto até o final e descubra mais sobre esse distúrbio, os tipos existentes, seus sintomas e causas.

O que é a rinite?

É uma doença que provoca a inflamação das mucosas do nariz e pode ser causada por diversas razões. Ela pode ser classificada de acordo com o seu período de duração. Quando os sintomas são auto-limitados e permanecem por até dez dias, é chamada de aguda. Caso o paciente continue apresentando os sinais por mais de três meses, o quadro é crônico.

Além disso, a rinite também é categorizada em tipos, que variam conforme a frequência e intensidade dos sintomas, a forma como o organismo responde aos tratamentos e o aparecimento de possíveis complicações.

O tipo mais recorrente é a infecciosa, muitas vezes conhecida como resfriado. É causada frequentemente por vírus e acomete o paciente por um determinado e curto período de tempo. Os micro-organismos se instalam nas mucosas e nas cavidades sinusais, provocando uma infecção.

Já a alérgica ocorre quando há uma reação exacerbada do organismo ao inalarmos algo que o sistema imunológico considere um corpo estranho. Essas substância inaladas são conhecidos como alérgenos e podem ser poeira, pólen, pêlos ou fragmentos de pele de animais, ácaros e até alguns alimentos.

O sistema respiratório é a principal porta de entrada para as impurezas presentes no ar. Por essa razão, o nariz tem a responsabilidade de impedir a passagem de qualquer corpo considerado estranho pelo organismo.

Contudo, existem pessoas que reagem de forma exacerbada ao contato com essas impurezas. Esses indivíduos desenvolveram a rinite alérgica.

Quais são as causas da rinite?

Esse problema de saúde é causado por uma reação do organismo aos alérgenos ou pela sua exposição a vírus e bactérias. As variações climáticas também podem desencadear os sintomas, assim como a inalação de substâncias tóxicas ou que causam irritação.

Com menor frequência, algumas alterações hormonais decorrentes da puberdade, gravidez ou menopausa, e disfunções endócrinas podem provocar o aparecimento da doença.

Quais são os sintomas da rinite?

Devido a reação intensa do organismo, acarretando na inflamação das mucosas nasais,  os sintomas mais frequentes são nariz entupido, coriza, coceira no nariz e olhos, redução do olfato e espirros constantes.

Existem outros sinais e sintomas que podem estar associados e irão variar conforme a idade do paciente, tais como:

  • dor de cabeça;
  • falta de ar;
  • lacrimejamento;
  • irritação na pele e na garganta;
  • tosse;
  • inchaço nos olhos;
  • sensação de ouvido tampado;
  • fadiga;
  • irritabilidade.

Como é o tratamento?

O tratamento da rinite consiste na lavagem nasal com soro fisiológico, utilização de medicamentos, tanto no nariz como por via oral. O tratamento medicamentoso consiste na utilização de anti-histamínicos,  anti-leucotrienos, descongestionantes nasais e corticóides. Esses medicamentos promovem a melhora da respiração nasal e amenizam as crises alérgicas. 

Nos pacientes que não respondem bem aos tratamentos anteriores, pode se fazer  imunoterapia. Ela é realizada através da aplicação de vacinas, compostas pelos alérgenos a que o paciente tem reação em dosagens bem pequenas. Essas vacinas tem o objetivo de “acostumar” o organismo aos alérgenos, reduzindo  as crises e, em alguns casos, eliminando a ação alérgica do corpo. Contudo, são indicadas apenas quando os medicamentos não surtiram efeito. 

Pronto, agora você já sabe as principais informações a respeito da rinite. Caso perceba alguns desses sintomas com alguma recorrência, procure um otorrinolaringologista para ser avaliado.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho com otorrinolaringologia em São Paulo!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe