Dificuldade respiratória

Dificuldade respiratória: o que pode ser?

A respiração é uma das principais tarefas realizadas pelo nosso organismo e é também uma das mais sensíveis. A presença de um obstáculo, por menor que seja, pode causar uma obstrução em nosso fluxo de ar. Quando isso acontece, temos uma dificuldade respiratória.

Você já sofreu com esse problema? Além de muito desconfortável, um bloqueio nas vias respiratórias pode trazer graves complicações. Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura.

O que é dificuldade respiratória?

Chamamos de dificuldade respiratória o distúrbio que pode promover a interrupção do processo respiratório, provocando uma sensação de sufocamento. Isso acontece, pois o corpo não consegue realizar a ação de respirar, função vital para o bom funcionamento do organismo.

Esse problema pode acometer pessoas de qualquer faixa etária, sejam elas crianças, adultos ou idosos. Dependendo da idade do paciente, as causas podem variar.

Quais são as causas?

A principal causa de dificuldade respiratória é a obstrução nasal. Ela pode ocorrer por causa de uma infecção, viral ou bacteriana, que leva a um quadro de gripe, resfriado ou de sinusite aguda.

Outros distúrbios recorrentes que acarretam na obstrução nasal são:

  • rinites crônicas;
  • hipertrofia das adenoides e;
  • desvio de septo.

A rinite é a inflamação das mucosas nasais. Primordialmente, ela ocorre em decorrência de uma resposta exagerada e duradoura do mecanismo de defesa que temos no nariz, a fim de combater a presença de substâncias tóxicas e irritantes.

A hipertrofia das adenoides é o resultado do crescimento exagerado das adenoides.

O septo nasal é a parede que separa as nossas narinas e quando não se forma como uma estrutura reta causa o desvio de septo. Contudo, só é considerado um problema grave se afetar as funções do sistema respiratório do paciente.

Existe tratamento para as dificuldades respiratórias?

A respiração pelo nariz é uma ação fisiológica e involuntária do nosso organismo. Quando o paciente realiza a respiração oral, pode haver uma indução ao surgimento de distúrbios de sono e de problemas na arcada dentária, assim como face.

Os tratamentos para casos de dificuldade respiratória são prescritos, por um médico especialista, de acordo com a causa do transtorno. Geralmente, o diagnóstico é confirmado pela avaliação de um otorrinolaringologista, pois é o profissional mais capacitado para tratar esse problema.

No caso de infecções virais ou bacterianas, o tratamento medicamentoso costuma ser o mais indicado. A escolha do tipo de medicamento, no entanto, irá depender da avaliação médica sobre a intensidade do problema.

Quadros de hipertrofia das adenoides costumam ser resolvidos naturalmente, com o crescimento do paciente para a vida adulta. A cirurgia das adenoides é recomendada somente se houver sintomas graves. Podemos citar, por exemplo, otite de repetição, perda auditiva, apneia do sono e respiração oral.

O desvio de septo, assim como os casos anteriores, também só precisa de tratamento cirúrgico se oferecer grave risco à saúde do paciente.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho com otorrinolaringologia em São Paulo!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe