cirurgia de adenoide

Cirurgia de adenoide: como é feita, pós-operatório e indicação

A adenoide é um pequeno conglomerado de tecido linfoide e está localizada atrás das cavidades nasais e acima do céu da boca. Quando há algum problema com essa estrutura, o tratamento mais indicado é a cirurgia de adenoide.

Já ouviu falar neste procedimento? Sabe para quem é indicado? Então, leia o texto até o final e descubra.

Para que serve a cirurgia de adenoide?

As adenoides fazem parte do sistema imunológico e armazenam anticorpos para proteger as vias respiratórias da invasão de agentes estranhos ao organismo. Essas estruturas aumentam de tamanho quando nascemos e retornam ao seu tamanho normal ainda no final da infância.

Quando há um processo inflamatório na região, chamado de adenoidite, ou uma hipertrofia das adenoides, o paciente pode apresentar alguns graves sintomas. Os principais sintomas desses distúrbios são a obstrução nasal, otites de repetição e perda auditiva de condução.

A cirurgia é realizada quando esses sintomas são graves e serve para remover as adenoides, sem comprometer o sistema imunológico.

Como é o procedimento?

A cirurgia de adenoide é de baixa complexidade e, geralmente, tem duração de 30 minutos. Primeiro, o paciente recebe anestesia geral. Existem diversas maneiras de se realizar o procedimento. Hoje as duas técnicas consideradas padrão ouro são realizadas sob visualização endoscópica pela boca ou pelo nariz, com o auxílio do microdebridador ou Coblation, sem necessidade de incisões no corpo do paciente.

A cirurgia pode ser realizada em conjunto com outras para a remoção das amígdalas, para correção do desvio de septo nasal ou redução dos cornetos nasais.

A retirada das adenóides pode ser feita em crianças de pouca idade, dependo de quão intensos sejam os sintomas, especialmente quando esta associada a apneia do sono e infecções recorrentes. Após o procedimento cirúrgico, a alta hospitalar é dada depois de algumas horas.

Como é o pós-operatório da cirurgia de adenoide?

O pós-operatório pode durar até duas semanas. Para que tudo corra bem, o paciente precisa seguir as seguintes orientações:

  • Repouso em casa por 1 semana, sem brincadeiras violentas ou intensas;
  • Evitar ambientes muito quentes, assim como banhos quentes;
  • Não frequentar locais com grande concentração de pessoas;
  • Ingerir alimentos pastosos, frios e líquidos durante período determinado pelo médico;
  • Evitar o contato com pacientes com problemas respiratórios;
  • Realizar o tratamento medicamentoso orientado pelo médico.

Em raros casos, em pacientes operados ainda muito novos,  existe a possibilidade dos sintomas voltarem a aparecer em decorrência de um novo crescimento da adenoide.

Para quem é indicada a cirurgia?

A cirurgia é indicada nos casos em que a sua hipertrofia acarreta em congestão nasal frequente, recorrência de inflamações nos ouvidos e garganta, acúmulo de catarro no ouvido, ocasionando perda auditiva. Além disso, casos de dificuldade respiratória, que obriga o paciente a respirar pela boca, e distúrbios do sono são indicativos de necessidade do procedimento para a manutenção da saúde.

Entendeu como é realizada a cirurgia de adenoide? Caso acredite que o seu caso se enquadra em uma dessas indicações ao procedimento, procure um otorrinolaringologista para ser avaliado.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho com otorrinolaringologia em São Paulo!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe